Como comprar criptomoedas entenda como

 

As criptomoedas são moedas digitais, onde não é possível tê-las em mãos e nem rastrear as transações, além disso elas também não pertencem a nenhum governo específico, como o real e o dólar, por exemplo. Como comprar criptomoedas ? A mais famosa dentre tantas no mercado, é o Bitcoin, que com seus altos e baixos já impactou a vida e o investimento de milhões de pessoas pelo mundo. Para que servem as moedas digitais?

Basicamente, suas funções são as mesmas do dinheiro físico, é possível fazer transações, compras e já existem plataformas de investimentos para esse mercado.

Dessa forma, as três principais funções das moedas digitais são: meio de troca, para facilitar as transações comerciais; reserva de valor, para preservar o poder de compra no futuro e também como unidade de conta, que ocorre com a precificação dos produtos e o cálculo econômico que é feito em função dela.

A complexidade das criptomoedas e a mineração.

Para tentar entender todo esse processo, é preciso lembrar que a ação de como comprar criptomoedas representa um código complexo e que não pode ser alterado e todas as transações realizadas através dela, são protegidas por criptografia. Por não haver uma autoridade central que faça o acompanhamento dessas transações, todas elas precisam ser registradas e validadas uma a uma por um grupo de pessoas que usam seus computadores para gravá-las no chamado Blockchain.

O Blockchain se trata de um enorme registro de transações. É um banco de dados público onde consta o histórico de todas as operações que já foram realizadas com cada unidade de Bitcoin. Cada nova transação é verificada contra o Blockchain, com a finalidade de assegurar que os mesmos Bitcoins não tenham sido previamente usados por outra pessoa. Mas afinal ,Como comprar criptomoedas ?

Investir certo sabendo como comprar criptomoedas.

As pessoas responsáveis por registrar as transações no Blockchain se chamam mineradores. Eles oferecem a capacidade de processamento dos computadores para realizar os registros e conferir as operações realizadas e em troca recebem novas unidades de criptomoedas.

A criação de cada Bitcoin se dá conforme os computadores conseguem resolver complexos problemas matemáticos que verificam a validade das transações incluídas no Blockchain. A mineração representa a criação de novas unidades de alguns tipos de moedas digitais, por isso, quanto mais computadores começar a ser usados para aumentar a capacidade de processamento para a mineração, os problemas matemáticos que precisam ser resolvidos se tornam cada vez mais difíceis. Esse sistema foi desenvolvido exatamente para limitar o processo de mineração.

A volatilidade das moedas.

O preço das criptomoedas varia de acordo com a lei da oferta e da demanda. Nos períodos que esses ativos ganham mais atenção, é normal que eles sejam mais procurados por investidores, o que amplia o volume de compras e, consequentemente, os preços sobem.

Por ser um mercado ainda pequeno em comparação aos outros, poucas operações com criptomoedas são capazes de causar um impacto muito relevante nessas cotações. Em apenas três meses, o Bitcoin saltou de US$4.370 para US$13.800 e um ano depois recuou para US$3.500.

Como investir em criptomoedas.

Quais as formas de investimentos hoje no blockchain

Existem formas variadas de comprar e investir em Bitcoins e outras criptomoedas. Dá para comprar cotas de fundos de moedas digitais e negociá-las diretamente dentro de uma corretora especializada (chamada de Exchange), que aceita essa forma de pagamento em algum negócio ou como mineração.

As carteiras são distribuídas por corretoras e outras plataformas de investimento e alguns demandam aplicações com um valor relativamente pequeno, de R$5.000 ou até menos. Os fundos são uma boa alternativa para aqueles que querem se expor ao mercado de moedas digitais, mas não se sente seguro de passar por isso sozinho, já que um gestor financeiro é o responsável por decidir e acompanhar as aplicações.

Mais uma alternativa de compra de criptomoedas é por meio de uma corretora especializada, as exchanges, que oferecem esse tipo de serviço no Brasil. O primeiro passo é abrir uma conta digital dentro da plataforma que você preferir, preenchendo um cadastro com seus dados pessoais. Possivelmente você precisará apresentar alguns documentos para validar sua identidade de investidor.

Outro sistema de segurança adotado por algumas dessas corretoras, além das senhas usuais, são os Tokens. Se for o caso, você deverá fazer as ativações necessárias. Depois disso, é só transferir dinheiro do seu banco para a conta e começar as operações.

 BAIXAR

LOGO ABAIXO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.